26/10/2011

O perfil de gestores que Portugal precisa urgentemente!

Nós não precisamos nem de bons economistas nem de gestores à portuguesa, mas sim apenas de boas lideranças capazes de gerir a mudança que é preciso empreender neste país!

Pessoas capazes de mobilizar cidadãos, de correr riscos, de inovar, de mudar, de pensar em grande e a longo prazo (ainda que errem e corrijam adequadamente o tiro) e sobretudo quem ouse desafiar as regras estabelecidas, criando o futuro.

É de pessoas deste calibre que precisamos e não necessitam de MBA´s, nem de grandes teorias, mas sobretudo exige-se que saibam fazer e mostrem como se fazem acontecer as coisas ! De teóricos está o inferno cheio e de consultores o purgatório já rebenta pelas costuras!!

E por certo a grande maioria dos nosso economistas (se não todos!) estudaram por livros de economia, e tiveram professores "botas de elástico", que nunca sequer foram capazes de pôr as suas ideias em prática, e que estão desactualizados face à realidade e que não têm em conta o caos e a necessidade de gerir na beira deste.

"The biggest obstacle to innovation is thinking it can be done the old way." (JimWetherbe,TexasTech,1990).

Aliás esta gestão na beira do caos é algo que necessita mais do que simples conhecimentos teóricos, e é preciso ter alguma capacidade para correr riscos, adorar a mudança, saber fazer, não desistir nunca e persistir até alcançar o sucesso.

E isso não se aprende em nenhuma universidade do mundo, quando muito existem algumas 2-3 nos EUA que darão umas pistas sobre o assunto, porque o resto é apenas conseguido pela prática, pelo cair e levantar novamente até se ter sucesso.

"Os exercícios de planeamento estático são virtualmentre inúteis! Goze a desordem!
Falhe mais depressa. Obtém sucesso mais cedo" By Tom Peters!

Por Francisco Gonçalves in 25 Oct2011
francis.goncalves@gmail.com


Translate