Mensagens

A mostrar mensagens de 2009

Como seria o mundo se a economia fosse norteada por uma filosofia aproximada à do movimento open-source ?

Imagem
A resposta: Aberto e acessível

E por favor não me chamem idealista !!!

O movimentoe a estratégia do open-source funciona mesmo e, é rentável, inovador, inspirador e catalisador de ideias e progresso, criando riqueza, e sempre apelando às ultimas tecnologias, ........

Mas sobretudo, assegura democraticidade no acesso aos seus bens produzidos, ... (vejam-se todas as iniciativas como o projecto OLPC, no Ensino das tecnologias em modo aberto, iniciativas nos países mais pobres, etc, etc ( e porque não a própria google com iniciativas como o acesso gratuito a ferramentas de escritório, livros electrónicos, pesquisas, Web semântica, mapas, Google Earth/Moon, etc, etc!!!).

E é movido mais pela paixão do que pelo lucro .....

Inspira outras actividades humanas e introduz liberdade de uso (já existem conceitos open-source aplicados ao Ensino (aliás o futuro do ensino será sem dúvida de base open-source !), à ciência e investigação, indústria automóvel, energias alternativas, e muitas outras... inclu…

As Agências Bancárias do Futuro na economia Conceptual !!!

Os bancos terão cada vez mais que marcar a diferença pela qualidade e inovação dos serviços que prestam aos seus clientes. E as tecnologias de informação e telecomunicação asseguram que estes dois factores estão presentes e acentuam o domínio de mercado, pelas organizações que mais rapidamente as adoptam.A tecnologia tem como tal, ao longo dos últimos 30 anos, vindo a redefinir o modo como os consumidores interagem com os bancos aos mais variados níveis, mas infelizmente ainda não nos moldes em que o negócio se desenvolve.No entanto, apesar das caixas automáticos, Banca on-line através da Web e banca no telemóvel, a actividade tradicional continua a ser muito importante para os clientes e os próprios bancos. Os clientes exigem a conveniência dos serviços bancários, onde, quando e como quiserem, quer se trate da simples transferência de fundos on-line, ou de como aplicar as suas poupanças. Também a actividade comercial e a angariação de clientes continua fundamentalmente a ser consegu…

Inovar é preciso !! A Arte e a orientação para a inovação nas empresas: a economia das Empresas, Portugal e os Portugueses agradecem....

Muito pouca atenção tem sido dada às políticas para a melhoria da capacidade das empresas em absorver e aplicar os frutos de uma maior compreensão da oferta da ciência e investigação, nem de como as necessidades dos mercados e os clientes são servidos e de como os efeitos de produtividade beneficiam as empresas e a comunidade de um País.
A inovação não trata apenas da descoberta inicial, é sobretudo sobre o processo de aprendizagem - aprender fazendo, a aprendizagem através da aplicação da tecnologia, de equipamentos e de sistemas de e-learning, através da interacção com os outros, e com o mundo. Os maiores benefícios da inovação são activados quando as empresas decidem estrategicamente criar uma vantagem competitiva, pela percepção do valor que geram ao descobrir novas e melhores ofertas de produtos e serviços, porque alguém está disposto a pagar por eles.

É crucial para compreender melhor como a inovação funciona ao nível da empresa e, em particular, como as empresas adquirirem, abso…

Um Plano de Gestão de 18 minutos para o seu dia de trabalho

O poder do ritual na Gestão do TempoO Autor: Peter Bregman e RSS Feed 2:27 seg. 20 de julho de 2009 Tags:Gestão do tempo Ontem iniciei o dia com a melhor das intenções. Por isso andei toda a parte da manhã, no meu gabinete, com um vago sentimento do que queria concretizar. Então, sentei-me, girei sobre o meu computador e verifiquei o meu e-mail. Duas horas mais tarde, depois de lutar contra vários incêndios, resolver outros tantos problemas, e lidar com o que aconteceu para terem desabado tantos problemas sobre mim, através do meu computador e do telefone, eu mal conseguia lembrar-me do que tinha definido para realizar nesse dia. Afinal conclui ter sido alvo de uma emboscada, tal era a minha terrível sensação. Nos tempos em que ensinava gestão de tempo, começava sempre com a mesma pergunta: Quantos de vocês têm muito tempo e não o suficiente para fazer isso, ou aquilo? Em dez anos, ninguém nunca levantou a mão, para obstar. Isso significa que passamos todos os dias sabendo que não e…

Há assédio moral em excesso no trabalho e nas empresas em Portugal - Como fica a colaboração e o "Team-Working" nas empresas?

Imagem
No inicio de Outubro do ano passado (2008) surgiram na imprensa, noticias que davam "o assédio moral no trabalho como uma grave situação e em franco crescimento em Portugal".
De acordo com o código de trabalho, há assédio moral quando se verifica um comportamento "com o objectivo ou o efeito de afectar a dignidade do Trabalhador e criar um ambiente intimidativo, hostil, degradante, humilhante ou desestabilizador".
Este fenómeno que poderá parecer apenas mais uma situação de discriminação, é no entanto um autêntico flagelo para a sociedade e a economia de um País, já de si débil em termos de cultura de colaboração, empreendedorismo e inovação generalizados, aspectos fundamentais para o progresso e maior criação de riqueza, na era que vivemos.

Como tal este fenómeno não é apenas Português, existindo inclusive em alguns Países da Europa legislação que enquadra e pune especificamente estes comportamentos. Em inglês designa-se por"mobbing" ou seja "toda a vi…

Reflexão sobre a Internet, Bibliotecas Digitais e os Sistemas Educativos no Futuro.

A revolução tecnológica, com a ainda mais acentuada banalização dos computadores a que nos últimos tempos temos vindo a assistir, para a qual contribuiu muito a personalidade de Nicholas Negroponte do MIT, com a sua ideia original de um computador a 100 dólares para a educação (OLPC) e dedicado especialmente ao Terceiro Mundo, veio acelerar ainda mais a transformação da sociedade e do mundo em que vivemos. A Internet e as bibliotecas da era digital, pela sua abrangência e universalidade vêm introduzir uma mudança de paradigma na democratização, no acesso a conteúdos e na produção de conhecimento, contribuindo para a construção de espaços virtuais, fluídos e navegáveis, onde a informação do mundo está ao alcance através de um simples click. São sobretudo ambientes virtuais, que podem facilmente ser incorporados nas actuais salas de aulas e que permitem a rápida disseminação da informação, a partilha e a colaboração digitais, potenciando múltiplas e inovadoras oportunidades de aprendiz…